Links de Acesso

Covid-19: Um milhão de mortes pela pandemia nos Estados Unidos


Milhares da bandeiras em memória dos que morreram devido à Covid-19 no Washington Mall, antes da posse do Presidente Joe Biden, Washington, 20 Janeiro 2021

Os Estados Unidos ultrapassaram nesta quinta-feira, 12, a marca de um milhão de mortes devido à Covid-19.

Em nota, o Presidente Joe Biden escreveu que "hoje, marcamos um marco trágico: um milhão de vidas americanas perdidas para a Covid-19".

Numa mensagem aos que perderem ente queridos, Biden reconheceu a dor "implacável" e lembrou que eles sempre ficarão na memória dos seus familiares.


"Para aqueles que estão de luto e se perguntando como vão continuar sem ele ou o que vocês vão fazer sem ela, eu entendo", disse Biden, acrescentando: "Conheço a dor daquele buraco negro no seu coração. É implacável. Mas também sei que aqueles que vocês amam nunca se foram de verdade. Eles sempre estarão com você”.

Ele pediu aos cidadãos que "permaneçam vigilantes contra essa pandemia" e disse que é "fundamental" que o Congresso financie recursos como testes, vacinas e tratamentos.


Até agora, o país registou cerca de 82 milhões de casos da Covid-19, segundo dados oficiais.

Dois milhões na Europa

Embora o número de casos e hospitalizações aumentartenham aumentado nas últimas semanas, o número de mortes permaneceu relativamente baixo, em torno de 300 por dia, abaixo dos mais de três mil por dia em Fevereiro do ano passado.

Na Europa, a Organização Mundial de Saúde anunciou hoje que o número de mortos causados pela pandemia ultrapassou os dois milhões, sendo há muitas semanas o epicentro da doença no mundo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG