Links de Acesso

COVID-19: OMS revela preocupação com aumento de casos na África Ocidental


A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar preocupada com a disseminação comunitária do novo coronavírus em vários países da África Ocidental,

Matshidiso Moeti, diretor da OMS para África realçou que foram confirmados na região subsahariana 3.800 casos, dos quais mais de 900 resultaram em mortes.

"Estamos muito preocupados com a África Ocidental, onde vemos um significativo aumento de casos em vários países, em comparação com outros", sublinhou Moeti que, no entanto, lembrou que vários países encontram-se em estado de emergência.

Na terça-feira, o governo do Senegal revelou que um caso de infeção comunitária na região de Casamansa contaminou outras 25 pessoas.

O país, de nove milhoes de pessoas e que tem sido elogiado por ter avançado com meios próprios de deteção e tratamento da doença, registou até ontem 933 casos da Covid-19 e nove mortos, tendo o Governo declarado estado de emergência.

A Guiné-Bissau tem 205 casos e uma morte, enquanto Cabo Verde regista 121 casos e também uma morte.

O arquipélago, alias, está no grupo dos cinco países africanos que mais casos têm por 100 mil habitants, segundo a própria OMS.

A nível do continente, foram registadas oficialmente até ontem 1.614 mortes, de um total de 37.354 casos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG