Links de Acesso

COVID-19: Novos casos em Cabo Verde da doença estendem-se à ilha de São Vicente


Cidade da Praia, Cabo Verde

O Ministério da Saúde de Cabo Verde anunciou neste sábado, 6, mais seis casos do novo coronavírus, cinco dos quais na ilha de São Vicente, que há mais de um mês não tinha qualquer infetado.

Os cinco casos foram importados da ilha do Sal, a quarta a registar infetados depois de Santiago, Boa Vista e São Vicente.

Embora as autoridades não tenham dado detalhes sobre esses casos importados, o primeiro proveniente da ilha do Sal foi registado na semana passada quando uma grávida, que depois se confirmou estar infetada, foi transferida para o Hospital Batista de Sousa, na ilha de São Vicente.

O sexto caso revelado hoje foi registado em Santa Catarina, o primeiro naquele concelho do interior da ilha de Santiago, epicentro da pandemia e que até agora concentrava todos os casos ativos.

Até agora, o total de casos acumulados no arquipélago é de 542, dos quais cinco morreram.

História e restrições

O primeiro caso aconteceu em março e foi registado num turista inglês, de 62, anos, que viria a ser também a primeira vítima mortal da Covid-19 no país.

Depois de três períodos de estado de emergência, que na sua última fase apenas se aplicou às ilhas com casos, o país está a sair do desconfinamento, com algumas restrições que, no entanto, não estão a ser respeitadas como pretendem as autoridades.

Nesta semana, o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, e o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, vieram a público pedir o respeito das orientações emitidas.

Nos demais países africanos lusófonos, não houve atualização dos números até este momento.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG