Links de Acesso

COVID-19: Nova Iorque vê número de casos estabilizar e país tem mais de 10 mil mortos


Andrew Cuomo, governador de Nova Iorque

O governador de Nova Iorque revelou nesta segunda-feira, 6, que o número de pacientes que deram entrada em unidades de tratamento intensivo caiu pelo segundo dia consecutivo, o que pode indiciar que o Estado possa ter chegado ao topo da pandemia.

No país, o número de mortes ulpassa os 10.300.

Andrew Cuomo, no entanto, alerta que as medidas de isolamento e de restrição de movimentos devem manter e, frente a surtos de desobediência, aumentou para mil dólares a multa para quem desobedecer as ordens.

Também hoje, ele alargou o prazo de confinamento, com as escolas e negócios não essenciais a permanecerem fechados até 29 de abril.

As primeiras projeções indicavam que seriam necessários 110 mil leitos hospitalares para o Estado enfrentar a pandemia, mas o número atual foi revisto para 55 mil neste momento.

Até o início da tarde desta segunda-feira, os Estados Unidos tinham 347 mil casos da doença, com 10.355 mortos.

Em todo o mundo, já morreram mais de 72.600 mortos e mais de um milhão e 300 casos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG