Links de Acesso

Covid-19: Níveis de internamento fazem soar o alarme em Moçambique


Hospital Central de Maputo

País registou desde Março de 2020 mais de 1.100 óbitos

Moçambique está a registar uma onda crescente de casos da pandemia da Covid-19 com a eclosão da terceira vaga impulsionada pela variante Delta.

Só nos primeiros 19 dias do mês de Julho, o país registou mais 24 mil casos positivos, 268 óbitos e 1.132 novos internamentos.

Covid-19: Níveis de internamento fazem soar o alarme em Moçambique
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:17 0:00

Este facto lança um alerta em relação à capacidade de resposta das autoridades sanitárias, disse Benigna Matsinhe, directora-adjunta de saúde pública.

“Esta terceira vaga está a ser marcada por uma grande pressão sobre os internamentos hospitalares e a cidade de Maputo é a que está a liderar, tem 334 camas ocupadas o que corresponde a 57%, do total de 583 camas existentes”, disse Matsinhe.

Ela acrecentou que “a tendência de 50 novos internamentos diários, podemos rapidamente chegar a uma situação de saturação das nossas unidades sanitárias para receber doentes com Covid-19, e é o que nós não queremos".

Para Ilesh Jani, director do Instituto Nacional de Saúde, os actuais níveis de incidência cumulativa demonstrada nas últimas semanas poderão levar a que o país entre no nível cinco da pandemia.

Jani deu conta que, à semelhança do que aconteceu na segunda vaga, a “terceira vaga não decorre ao mesmo tempo e com a mesma intensidade nas mesmas provinciais”.

Moçambique tem até hoje um total de 1.158 óbitos, 20 dos quais nas últimas 24 horas, e 102.009 casos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG