Links de Acesso

COVID-19: Moçambique regista mais uma morte e Cabo Verde tem novos casos


Rosa Marlene (esq) Directora Nacional de Saúde Pública de Moçambique

As autoridades de Moçambique e Cabo Verde anunciaram neste sábado, 1, mais casos do novo coronavírus.

Em Moçlambique, o Ministério da Saúde revelou mais uma morte, um adolescente de 12 anos de idade com “doença crónica”.

Em comunicado, o Ministério disse que o número de vítimas mortais subiu para 12, enquanto, com mais 43 infeções, o total de casos chega a 1.907.

Cabo Verde, o país africano de língua portuguesa com mais casos, registou hoje mais 29 infeções, nas ilhas de Santiago e Sal, as duas mais afetadas.

O total de acumulados é de 2.480, segundo o Ministério da Saúde, que cita ainda 1.824 casos dados como recuperados e 23 23 óbitos.

Com dados de ontem, Angola anunciou os primeiros casos da doença no Zaire e Moxico, aumentando para 11 o total de províncias afetadas, depois de Luanda, Bengo, Kwanza Norte, Kwanza Sul, Cunene, Cabinda, Huíla, Uíje e Lunda Norte.

O secretário de Estado para a Saúde Pública Franco Mufinda revelou a ocorrência de mais uma morte, chegando o total a 52, enquanto o número de infetados atingiu os 1.148.

Em São Tomé e Príncipe, as autoridades registaram mais três casos positivos da doença e até sexta-feira, 31, o total era de 871 casos acumulados.

A porta-voz do Ministério da Saúde, Isabel dos Santos, indicou que o número de pacientes recuperados aumentou para 778 e que não há qualquer doente internado no hospital de campanha.

As vítimas mortais ascendem a 15.

A Guiné-Bissau não atualiza os números há duas semanas, mantendo 1.981 casos e 26 mortos.

Até este sábado, o continente africano registou 19.650 mortos confirmados em mais de 927 mil infetados.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG