Links de Acesso

COVID-19: Moçambique e Cabo Verde registam novos casos da doença


Cidade da Praia, Cabo Verde, sob estado de emergência

As autoridades de Moçambique e de Cabo Verde anunciam mais casos do novo coronavírus, mas sem mortes e com recuperações de infectados.

O diretor-geral do Instituto Nacional de Saúde (INS) de Moçambique, Ilesh Jani revelou neste domingo, 24, mais 26 casos, o número mais elevado em apenas um dia.

Entre esses casos, 11 estão localizados no principal foco da doença, na zona industrial de processamento de gás natural da multinacional Total, em Afungi, na província de Cabo Delgado, e nove infectados não apresentam sintomas de doença, enquanto as restantes 19 têm sinais leves a moderados.

Entretanto, segundo Jani, a província de Nampula registou os primeiros três casos, enquanto a província de Maputo teve mais um infectado.

Com este aumento de casos, o diretor-geral do INS adverte para uma nova fase da doença no país.

"Houve semanas em que não tínhamos tantos casos" mas agora a epidemia "está a entrar numa nova fase", com maior transmissão local.

Ele acrescentou, haver 51 casos recuperados.

Cabo Verde, mais recuperados do que novos casos

Em Cabo Verde , o Ministério da Saúde também revelou hoje que mais nove pessoas estão infectadas com o coronavírus, todos na cidade da Praia, o epicentro da doença no arquipélago, que tem agora 380 casos acumulados.

O comunicado destaca, no entanto, que pelo quarto dia consecutivo, há mais casos recuperados (13) do que novos (9).

A taxa de recuperados ascende agora a 40, 7 por cento (155 em 380 casos) e o país mantém as três mortes.

A cidade da Praia, a capital, do país, está em Santiago, a única ilha que se encontra sob o estado de emergência, em vigor até o dia 29.

A Guiné-Bissau, o país lusófono em África com mais casos, mantém os 1.114 atualizados ontem, sábado, dia em que foi noticiado o primeiro caso em Gabú.

O número de recuperados agora é de 42, o de mortos mantém-se nos seis e a doença está presente também em Bissau, Cacheu, Biombo, e Bafatá.

Em São Tomé e Príncipe, com os novos casos registados ontem, o total acumulado de infectados aumentou para 291.

Angola mantém os 61 casos anunciados na sexta-feira.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG