Links de Acesso

Covid-19: Moçambique continua a ser o país lusófono com mais casos


Realização de testes em Cazenga, Luanda, 31 agosto 2020

Angola lidera a lista de mortes

O Ministério da Saúde em Moçambique anunciou mais 39 novos casos de Covid-19 nesta sexta-feira, 27, confirmando ser o país lusófono em África com mais infectados, num total de 15.506.

Sem qualquer morte nas últimas 24 horas, o número de vítimas fatais mantém-se em 128 óbitos.

Angola continua a ser o país de língua portuguesa com mais mortes, 341, depois de mais um registado entre quarta e quinta-feira.

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, confirmou ontem a existência de 99 novos casos, aumentando para 14.920 o número de infecções desde o início da pandemia.

Por seu lado, Cabo Verde teve mais uma morte, de acordo com o balanço das anteriores 24 horas feito na quinta-feira, 26, pelo Ministério da Saúde.

O arquipélago regista agora 105 mortos, enquanto, com os 44 casos confirmados no mesmo período, tem um total acumulado de 10.570 infectados.

Depois de alguns dias sem casos, São Tomé e Príncipe registou entre quarta e quinta-feira quatro novas infecções, elevando para 985 as infeções acumuladas, enquanto o número de mortes mantém-se em 17.

A Guiné-Bissau, que actualiza os dados apenas às segunda-feiras, tem 43 mortos e 2.422 casos.

Até esta sexta-feira, a pandemia da Covid-19 fez pelo menos 1.433.378 mortos em todo o mundo, enquanto os casos ascendem a 60.970.250.

No continente africano, foram registados 2.122.809 casos, dos quais 50.941 acabaram em mortes.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG