Links de Acesso

Covid-19: Moçambique, Cabo Verde e Guiné-Bissau anunciam novos casos


Hospital de campanhar em São Tomé e Príncipe sem doentes

Moçambique continua a ser o país africano de lingua portuguesa com mais casos, com o Ministério da Saúde a anunciar mais 141, aumentando o total acumulado para 6.912.

O país registou mais uma morte, com o número de vítimas mortais a ascender a 44.

Angola continua a ser o lusofono em África com mais mortes, tendo registado mais cinco ontem,aumentanto para 152 o total de vítimas mortais.

Foram registados mais 90 casos, com o total a ascender a 3.991.

A Guiné-Bissau, que atualiza dados apenas às segundas feiras, registou na última semana mais 21 novos casos da covid-19.

O Alto-Comissariado para a Covid-19 indicou nesta segunda-feira, 21, que o total acumulado chega a 2.324, enquanto o número de mortos mantém-se em 39.

Por seu lado, Cabo Verde, o segundo lusófono em África com maior número de casos, anunciou também hoje mais uma morte, aumentando para 52 o total de vítrimas mortais.

O Ministério da Saúde disse que foram registados mais 24 casos, totalizando um acumulado de 5.281 infeções.

No domingo, o Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe informou não ter registado qualquer caso de coronavírus nas últimas horas e o hospital destinado à doença ficou sem nenhum doente.

No total, 15 pessoas estão em isolamento domiciliar e foram recuperados 876 pacientes, entre os 908 casos acumulados.

O número de óbitos mantém em 15 de acordo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG