Links de Acesso

COVID-19: Estados Unidos oferecem 50 ventiladores a Moçambique


Dennis Hearne, Embaixador dos EUA em Maputo (E) e Armindo Tiago, Ministro moçambicano da Saúde.

Os Estados Unidos ofereceram 50 ventiladores para reforçar a capacidade moçambicana de resposta a casos graves da COVID -19.

COVID-19: Estados Unidos oferecem 50 ventiladores a Moçambique
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:33 0:00

O equipamento chega numa altura em que o país vêm registando, diariamente, um aumento acentuado de novos casos da COVID-19.

Deste modo, o Embaixador norte-americano em Maputo, Dennis Hearne, considera que os meios vão aumentar esperança para quem precisa.

“Esses ventiladores darão a Moçambique maior ajuda no tratamento de pacientes severamente afetados pela COVID-19” disse o diplomata.

Para o Ministro moçambicano da Saúde, Armindo Tiago, os ventiladores, entregues, nesta segunda-feira, 10, são um balão de oxigénio para o Sistema Nacional de Saúde, que, sem avançar números, disse que conta com poucos meios do género.

“Moçambique, como devem saber, tinha poucos ventiladores e com a chegada destes ventiladores nós vamos aumentar a nossa capacidade de resposta, sobretudo, a doentes críticos, que são os que vão precisar deste equipamento” realçou o ministro.

Os ventiladores foram fabricados por uma empresa americana que, segundo Dennis Hearne, dará assistência necessária para o seu manejo.

Nesta terça-feira Moçambique reportou mais 70 novas infeções do novo coronavírus, totalizando 2481 casos positivos, que já resultaram em 17 óbitos, diretamente ligados a COVID 19.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG