Links de Acesso

COVID-19: Casos da doença ascendem a 257 na Guiné-Bissau


Bissau

As autoridades da Guiné-Bissau informaram a existência de mais 52 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, o que significa que o país tem 257 pessoas infetadas, entre elas o primeiro-ministro Nuno Gomes Nabian e, pelo menos, três membros do Governo.

É o nono país com mais casos da Covid-19 na África Ocidental, depois do Gana, Nigéria, Guiné-Conacri, Costa do Marfim, Senegal, Níger, Burkina Faso e Mali.

“O Laboratório Nacional de Saúde analisou 94 amostras, 52 deram positivo, 30 deram negativo e 12 foram inconclusivas”, afirmou Tumane Baldé, porta-voz do Centro de Operações de Emergência de Saúde (COES), na conferência diária sobre a situação da pandemia, nesta sexta-feira, 1.

Ele acrescentou que há 19 recuperados e um morto.

Recorde-se que na terça-feira, 28, o ministro da Saúde, António Deuma, revelou que o Chefe do Governo, Nuno Gomes Nabian, estava infetado, bem como três membros do executivo.

No dia seguinte, o próprio Nabian confirmou na sua página no Facebook a informação, acrescentando que estava bem e em casa.

A Guiné-Bissau tem em vigor o estado de emergência até o dia 11 de maio.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG