Links de Acesso

COVID-19: Aumento exponencial de casos no Kwanza Sul obriga a reunião de emergência


Porto-Amboím, uma das cidades com mais casos em Kwanza Sul

Comissão Multissectorial Provincial analisou medidas para conter o aumento de casos no fim-de-ano

A província angolana do Kwanza-Sul registou de sábado, 25, a segunda-feira, 27, mais de 1.400 casos de Covid-19, um número quase semelhante ao registado diariamente na capital, Luanda, o epicentro da quarta onda da pandemia no país.

Ante este surto, a Comissão Multissectorial Provincial reuniu-se de emergência no Sumbe para tomar as medidas necessárias em vésperas de fim-de-ano, quando as aglomerações aumentam devido às festas.

“Estamos com um nível de propagação muito alto, motivo pelo qual nós todos tivemos aqui esses dias nos hospitais de referencia, já contamos igualmente com um número de sete profissionais de saúde também infectados e dizer que desta vaga temos incluindo pessoas que estão sendo infectadas pela segunda vez”, disse o director do gabinete provincial da saúde do Kwanza-Sul.

Os municípios do Sumbe e Porto-Amboim lideram com maior número de casos.

Felizardo Manuel apelou aos cidadãos a que se dirijam “aos postos de vacinação para o reforço da vacinação e que continuem a extremar as medidas de protecção com vista a não se infectarem com o vírus da Covid-19”.

Por falta de laboratório na província, as análises dos testes são feitas em Luanda ou Benguela, o que tem atrasado o processo de confirmação e notificação dos casos.

Luanda deu início ontem a uma campanha em que pretende realizar 10 mil testes para analisar o comportamento da doença.

Desde Março de 2020, foram registados em Angola 71.752 casos, dos quais 1.749 terminaram em óbito.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG