Links de Acesso

COVID-19: Alerta no Kwanza Norte com três casos importados de Luanda


Hospital do Kwanza Norte (Foto de Arquivo)

A confirmação dos três primeiros casos da Covid-19 fora da capital angolana colocou sob “alerta máximo” a província vizinha do Kwanza Norte.

Para aquela província, situada a cerca de 300 quilómetros de Luanda, terão viajado dois cidadãos da costa ocidental africana e um angolano, infectados, violando assim a cerca sanitária em vigor na capital angolana.

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, anunciou o envio de uma equipa multidisciplinar à região “para fazer o acompanhamento da gestão desses casos e, sobretudo, a vigilância epidemiológica”.

Entretanto, o Governo provincial do Kwanza Norte esteve reunido de emergência nesta quarta-feira, 17, e anunciou já algumas “medidas de contingência”.

Sem entrar em detalhes, o porta-voz governamental, Mayama Salazar, disse que uma das medidas é o isolamento de pelo menos dois bairros, onde se situam as cantinas exploradas pelos comerciantes oeste-africanos.

A VOA soube de outras fontes que a Comissão Multissectorial Local de Combate à Covid-19 ordenou o uso massivo de máscaras e a limitação de circulação de pessoas nas proximidades dos bairros sob cerca sanitária, enquanto estuda outras medidas profiláticas.

O responsável da organização não governamental Friends Of Angola (FoA). Rafael Morais, disse que o fato de os três cidadãos serem comerciantes abre a possibilidade de terem infectado clientes, incluindo das províncias vizinhas do Uíge e Malanje.

Rafael Morais sugere a imposição de uma cerca sanitária ao Kwanza Norte e adverte que o Governo “deve preparar-se para o pior”.

Jornalistas testados

Enquanto isso, mais de 100 jornalistas que fazem a cobertura do balanço diário sobre o estado da pandemia no país voltaram a ser testados pela segunda-vez ontem, depois de um guarda do Centro de Imprensa Aníbal de Melo, pertencente à Polícia Nacional, ter testado positivo.

O centro foi desativado para ser desinfestado e os funcionários foram igualmente submetidos a testes.

Ainda ontem, as autoridades de saúde anunciaram mais três casos da Covid-19, em Luanda, elevando assim para 148 o total de infectados no país.

Até agora, seis resultaram em óbitos, 78 estão ativos e 64 recuperados, com o quadro epidemiológico nacional a apresentar 69 casos importados e 83 de contaminação local.

As autoridades sanitárias ainda não definiram se há ou não casos de transmissão comunitária no país.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG