Links de Acesso

Corrupção lesa Moçambique em quatro milhões de dólares este ano


Funcionários públicos criam empresas fantasmas para ganhar concursos púbicos

A corrupção lesou o Estado moçambicano em 250 milhões de meticais, cerca de 4,1 milhões de dólares, apenas no primeiro semestre de 2018, revelou o porta-voz do Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC).

Citado pelo jornal Notícias, Cristóvão Mondlane indicou que os casos de corrupção envolvem funcionários públicos e alguns já têm processos para a sua responsabilização em fase de instrução preparatória.

Uma das acusações prendem com a criação de empresas fantasmas de construção cvil para ganhar concursos púbicos nas intrituições que os próprios funcionários dirigem.

Entre os acusados, revelou Mondlane, estão sete presidentes municipais, cinco administradores distritais, seis presidentes de Conselho de Administração, seis secretários permanentes e 15 directores de serviços do Estado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG