Links de Acesso

Coronavírus: Cabo Verde suspende ligações aéreas com Itália


Ulisses Correia e Silva fez o anúncio no Facebook

O Governo cabo-verdiano suspendeu por três semanas os voos entre o arquipélago e Itália, devido ao aumento dos casos e mortes devido ao novo coronavirus naquele país europeu.

As autoridades da Praia já informaram o Executivo italiano.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, nesta quarta-feira, 26, na sua página no Facebook, na qual realça que “é preciso sentido de responsabilidade e evitar atitudes oportunistas que nada contribuem para a prevenção e o combate de um fenómeno à escala global".

Na origem da decisão está o “fato de se ter registado um aumento exponencial de casos de pessoas infectadas pela Covid-19 em Itália, com particular incidência no norte de Itália e pelo fato de existirem ligações diárias diretas entre aquele país e Cabo Verde (Sal e Boa Vista), com um afluxo anual de 30 mil turistas e com uma média de estadia de cerca de 6 dias".

Correia e Silva sublinhou que “a situação será avaliada para decisão sobre a continuidade da medida ou seu cancelamento, conforme a avaliação da evolução do coronavírus (COVID-19) em Itália".

O primeiro-ministro reitera que o seu Executivo vem acompanhado, desde a primeira hora, a situação provocada pelo novo coronavirus “e tem tomado as medidas que se impõem em decorrência da situação de emergência sanitária internacional declarada pela OMS".

Cabo Verde não registou qualquer caso de coronavirus, mas teve sob observação cerca de 30 pessoas que vieram da China.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG