Links de Acesso

Coreia do Norte condena sanções dos EUA, alerta que desnuclearização está em risco


No meio líder norte-coreano Kim Jong-Un

A Coreia do Norte condenou neste domingo, 16 de dezembro, o governo dos Estados Unidos pela ampliação de sanções e da pressão sobre o país, que detém armas nucleares, alertando que com um retorno das sanções o desarmamento de Pyongyang pode ser bloqueado para sempre.

A resposta da Coreia do Norte veio após os Estados Unidos terem afirmado na segunda-feira passada que haviam imposto sanções contra três autoridades norte-coreanas, incluindo um importante assessor do líder norte-coreano Kim Jong Un, por alegados abusos contra os direitos humanos.

A desnuclearização da Coreia do Norte teve pouco progresso desde que Kim Jong Un e o presidente dos EUA Donald Trump se encontraram em Singapura em junho numa reunião histórica. Os dois lados ainda precisam reagendar conversas entre o secretário de Estado norte-americano Mike Pompeo e o oficial norte-coreano Kim Yong Chol, que foram canceladas abruptamente em novembro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG