Links de Acesso

Conselho de Segurança da ONU rejeita analisar reimposição de sanções ao Irão


Mike Pompeo, secretário de Estado americano

O presidente do Conselho de Segurança das Nações Unidas confirmou nesta terça-feira, 25, não haver consenso para restaurar as sanções internacionais contra o Irão e acrescentou que não tomará qualquer iniciativa sobre a exigência americana nesse sentido.

“É claro para mim que há um membro, que tem uma posição particular sobre o assunto, enquanto há um número significativo de membros com pontos de vista contrastantes”, disse o presidente do Conselho, o embaixador da Indonésia, Dian Triansyah Djani, acrescentando que o presidente não está em posição de tomar outras medidas. ”

Na semana passada, o secretário de Estado americano Mike Pompeo, foi a Nova Iorque e notificou pessoalmente as Nações Unidas de que os Estados Unidos iam acionar um mecanismo sob a resolução do Conselho de Segurança da ONU que consagrou o acordo nuclear de 2015 no direito internacional, o que levaria à reimposição das sanções impostas a Teerão em 2006.

À exceção a República Dominicana, todos os restantes membros do Conselho informaram o presidente que a ação do Governo americano é ilegal,porque os norte-americanos saíram do acordo em 2018.

A 14 de agosto, os Estados Unidos tentaram que o Conselho de Segurança aprovasse uma resolução para renovar um embargo de armas contra o Irão que, mas a tentativa falhou, tendo, então, a Admninistração Trump acionado o snapback para impor novamente o embargo, bem como uma série de outras sanções.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG