Links de Acesso

Confrontos entre presos deixam 52 mortos no Pará


Maioria foi decapitada e 16 morreram por asfixia

Confrontos entre grupos de presos rivais no Centro de Recuperação Regional de Altamira, no sudoeste do Pará, no Brasil, deixaram 52 mortos e vários feridos.

A Superintendência do Sistema Previdenciário do Pará (Susipe) disse que internos do bloco A, onde estão os presos de uma organização criminal, invadiram o anexo onde estão internos de um grupo rival, tendo, depois, sido ateado fogo no local.

A fumaça invadiu o anexo e 36 terão morrido por asfixia, enquanto os restantes foram decapitados.

A rebelião durou cinco horas e é o segundo maior massacre em presídios de 2019.

No mês de Maio, 55 presos foram mortos sob custódia do Estado no Amazonas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG