Links de Acesso

Cimeira de Luanda tenta conter violência nas fronteiras da RDC Rwanda e Uganda


Félix Tshisekedi, um dos participantes da reunião, e João Lourenço

O Presidente angolano manifestou a esperança de que os problemas existentes nas fronteiras entre a República Democrática do Congo (RDA), Rwanda e Uganda possam "ter dias melhores", e garantiu que Angola tudo fará para levar a estabilidade à região.

Ao falar na abertura da cimeira que reuniu nesta sexta-feira, 11, em Luanda, Lourenço e os presidentes Félix Tshisekedi (RDC), Paul Kagame (Rwansa) e Yoweri Museveni (Uganda), para discutir a segurança e estabilidade na região dos Grandes Lagos e em particular os conflitos fronteiriços que envolvem as tropas daqueles países, o Chefe de Estado angolano admitiu que não pretendem resolver todos os problemas dos Grandes Lagos, mas que "muitos deles poderão ter dias melhores num futuro breve".

Em Maio, João Lourenço, Félix Tshisekedi e Paul Kagame reuniram-se para relançar a Conferência dos Grande Lagos, cuja intenção deve ser reiterada hoje.

No final da cimeira, será emitido um comunicado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG