Links de Acesso

Ciclone tropical mata 22 pessoas no Corno de África


Mulher forçada a abandonar um acampamento de deslocados que foi inundado, Mogadíscio, 20 de maio, 2018.

Na cidade de Mogadíscio, capital da Somália, as autoridades confirmaram, pelo menos, seis mortes e mais de 300 casas inundadas.

Pelo menos 22 pessoas foram mortas, neste fim-de-semana, e outras ainda estão desaparecidas depois que fortes chuvas do ciclone tropical atingiram o Corno de África.

Dezasseis mortes ocorreram na região de Awdal, na autodeclarada república da Somalilândia, segundo o governador regional Abdirahman Ahmed Ali.

Ali disse que o relatório ainda é preliminar e que o número de mortos pode aumentar à medida que as autoridades tentam alcançar áreas remotas da região afectadas pelas chuvas.

Acredita-se que a maioria das vítimas seja arrastada pelas enchentes, disseram os moradores.

Na cidade de Mogadíscio, capital da Somália, as autoridades confirmaram, pelo menos, seis mortes e mais de 300 casas inundadas.

A Organização das Nações Unidas diz que fortes chuvas continuam a cair na Somália e nas terras altas da Etiópia.

Na Somália, 772.500 pessoas foram afectadas pelas inundações, tendo 229 mil sido forçadas a abandonar as suas zonas habituais de residência.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG