Links de Acesso

Chuvas derrubam ponte e cortam circulação ferroviária entre Huíla e Cuando Cubando


Caminhos de Ferro de Moçâmedes contabiliza perdas

As chuvas que continuam a cair na província angolana da Huila cortou a circulação ferroviária com a província do Cuando Cubango.

A queda de uma ponte na localidade da Olivença no município da Chibia, está na origem da paralisação.

A situação que já dura uma semana está a criar enormes dificuldades a muitos utentes do comboio do Caminho de Ferro de Moçâmedes (CFM).

“Sem o comboio vamos estar muito paradas e nós não estamos acostumadas assim vamos ter muita crise", disse uma passageira, enquanto outro lembra que "as pessoas usam o comboio para vender os seus produtos".

A empresa CFM faz contas e diz ter já acumulado em prejuízo até a passada sexta-feira, 2, de cerca de 11 milhões de kwanzas.

O presidente do Conselho de Administração do CFM, Daniel Quipaxi, revelou estar a negociar com empresas locais com vista a dar início as obras no sentido de reabrir o traçado.

Para minimizar o quadro e face a impossibilidade de ligar Namibe, Lubango e Menongue, Quipaxi anunciou a ligação a partir de amanhã, 8, entre os municípios da Matala na Huíla e a capital do Cuando Cubango.

“Vamos restabelecer a circulação entre Matala e Menongue e vice-versa e faremos seis comboios semanalmente”, garantiu.

Ao avaliar os danos provocados pelo incidente, o director do Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola, Ottoniel Manuel, anunciou ainda para este ano, a criação da empresa de gestão das infraestruturas ferroviárias.

“Os desafios dos Caminhos-de-ferro residem fundamentalmente a nível do quadro legal em que existe a necessidade de constituir-se a empresa nacional de gestão das infraestruturas ferroviárias e temos vindo já a trabalhar e acreditamos que no decorrer do ano de 2020 iremos ser capazes de constituir esta empresa”, afirmou.

A linha do CFM tem uma extensão de mais de 900 quilómetros e liga as províncias da Huíla, Namibe e Cuando Cubango.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG