Links de Acesso

China quer aumentar tarifas em produtos americanos na ordem de 50 mil milhões de dólares


Soja

A medida de retaliação inclui soja, aviões e viaturas.

A China anunciou hoje que tem planos de impor tarifas em produtos americanos avaliados em 50 mil milhões de dólares em resposta à medida similar apresentada pelos Estados Unidos.

A decisão chinesa implicará o aumento de 25 por cento nas tarifas de 106 produtos americanos, incluindo soja, aviões e viaturas.

O ministério chinês do comércio disse que o aumento irá ocorrer logo que os americanos iniciarem a aplicação de novas tarifas.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a intenção de impor o aumento de tarifas em produtos chineses avaliados em 50 mil milhões de dólares, no mês passado.

Na terça-feira, as autoridades de comércio divulgaram a proposta de uma lista de 1300 produtos, incluindo os das indústrias aeroespacial, médica e tecnologia de informação.

Tal lista, disseram as autoridades, está em linha com os danos económicos causados pela China, que é acusada de violar políticas de tecnologia.

Os Estados Unidos acusam a China de pressionar companhias estrangeiras a entregar tecnologia.

O vice-ministro chinês do comércio, Wang Shouwen, disse, hoje, que a acusação não tem fundamento, e que o seu país pretende resolver a questão dialogando, mas se os Estados Unidos continuarem a batalha, eles também irão entrar.

A guerra comercial entre as duas grandes potências mundiais preocupa os investidores nas bolsas de valores. O mercado americano, segundo analistas, vai abrir hoje em baixa.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG