Links de Acesso

EUA colocam China e Rússia na lista dos países violadores da liberdade religiosa no mundo


Secretário de Estado americano Antony Blinken na cimeira virtual entre os Presidentes dos EUA e da China, Washington,15 de Novembro de 2021

Nenhum país africano integra a lista

O secretário de Estado americano colocou a China, a Rússia e mais oito países na lista de violadores da liberdade religiosa.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 17, Antony Blinken, disse que aqueles países “envolveram-se ou toleraram violações sistemáticas, contínuas e flagrantes da liberdade religiosa”.

Myanmar, Coreia do Norte, Arábia Saudita, Irão, Eritreia, Tadjiquistão, Turcomenistão e Paquistão completam a lista, da qual saiu a Nigéria, que tinha sido colocada no grupo em 2020.

O Departamento de Estado colocou Argélia, Comores, Nicarágua e Cuba numa lista de observação por envolvimento ou tolerância de "graves violações da liberdade religiosa".

Na nota, Blinken disse que “em muitos lugares ao redor do mundo, continuamos a ver governos a perseguir, prender, ameaçar, prender e matar indivíduos simplesmente por procurarem viver as suas vidas de acordo com suas crenças”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG