Links de Acesso

Chefe da "secreta" angolana pede a antigos oficiais militares suspensão de manifestação


Antigos oficiais exigem reposição de subsídios

Protesto previsto para hoje cancelado à espera de negociações com Fernando Garcia Miala

Generais e oficiais angolanos cancelaram uma manifestação prevista para esta segunda-feira, 28, pedido do general Fernando Garcia Miala, director do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado (SINSE).

Oficis superiores reformados cancelam manifestação - 1:33
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:33 0:00

Os militares exigem o pagamento de subsídios que lhes foram retirados há vários anos das suas pensões de reforma.

José Alberto Nelson Limukeno, general reformado e presidente da Associação dos ex-Oficiais Generais, Superiores e Subalternos Reformados, confirmou que, poucas horas antes da manifestação, cinco oficiais do SINSE, em nome do general Fernando Garcia Miala, levaram uma mensagem a solicitar o cancelamento do acto e a sua disponibilidade para manter um encontro com eles.

O chefe da Inteligência justificou que a manifestação não era conveniente, em virtude da ausência do país do Presidente João Lourenço, actualmente nos Estados Unidos em visita privada.

“Há garantias que também vamos nos encontrar com o general Miala e ultrapassar esses problemas de outra forma”, revelou Limukeno.

A VOA ouviu igualmente oficiais e viúvas que dizem não estarem satisfeitos coma decisão, mas que esperam uma solução urgente por parte do chefe do SINSE.

“Vamos esperar, se não honrarem então sairemos as ruas”, disse um dos entrevistados.

Os antigos oficiais dizem que “estão cansados e que já esgotaram todas as formas para a resolução do problema”, depois de muitas cartas escritas a José Eduardo dos Santos e João Lourenço, mas sem respostas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG