Links de Acesso

Carlos Veiga com "vontade" para candidatar-se à Presidência de Cabo Verde


Embaixador Carlos Veiga, Cabo Verde

O antigo primeiro-ministro e embaixador de Cabo Verde nos Estados Unidos", Carlos Veiga, admite não rejeitar a ideia de concorrer à Presidência da República em 2021.

“A vontade, no entanto, não basta”, reconhece Veiga que fala em “outras condições que têm de estar reunidas para concorrer”.

Carlos Veiga disponível para concorrer à Presidência de Cabo Verde
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:50 0:00

“Posso dizer é que não rejeito de forma nenhuma essa ideia, se dependesse só da minha vontade, com certeza que eu estaria disponível para fazer esse exercício, mas preciso de ver se há outras condições reunidas, que são necessárias”, afirmou o embaixador que termina esta semana a sua missão em Washington.

As condições, segundo Veiga, são de natureza material porque a experiência anterior,“não foi boa, não do ponto de vista dos resultados eleitorais, mas dos compromissos” que teve de assumir.

“É preciso estar no terreno e verificar se há apoio suficiente para avançar, mas se dependesse de mim, eu diria que sim”, afirmou.

Enquanto prepara as condições necessárias, Carlos Veiga diz que regresará à sua atividade profissional como consultor jurídico, mas acredita ter todas as condições para ser Presidente.

“Acho que estou preparado e se calhar esta estadia de três anos aqui ainda me deu mais um complemento de visão, um complemento da forma de ver as coisas”, conclui

Carlos Veiga foi o primeiro chefe de Governo eleito democraticamente em Cabo Verde, em 1991, cargo que exerceu durante 10 anos.

Em 2001 e 2006 concorreu à Presidência, mas perdeu a favor do também antigo primeiro-ministro durante o período de partido único, Pedro Pires.

Embora as candidaturas ao Palácio do Planalto, na Praia, sejam independentes e individuais, Carlos Veiga deve contar com o apoio do MpD, partido do qual foi primeiro presidente e atualmente no poder.

Do outro lado da arena política, Veiga poderá defrontar o antigo primeiro-ministro durante três mandatos (2001, 2006, 2011), José Maria Neves, que há mais de um ano admitiu estar a ponderar uma candidatura presidencial.

Caso se confirmem essas candidaturas, Veiga e Neves repetem o confronto que protagonizaram em 2011 para as legislativas, ganhas por José Maria Neves.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG