Links de Acesso

CAN 2021: Covid-19 manda para casa metade da delegação da Guiné-Bissau


CAN 2021, Baciro Candé, treinador da equipa da Guiné-Bissau, 11 Jan 2022

Guiné-equatorial protagoniza surpresa da prova ao vencer a campeão em título Argélia, que tem ameaçada a passagem à fase seguinte

A delegação da Guiné-Bissau que acompanha a selecção nacional de futebol no Campeonato Africano de Nações (CAN) 2021 viu-se reduzida para metade devido a um surto de covid-19.

Todo o corpo directivo da Federação Nacional de Futebol, incluindo o seu Presidente, o secretário de Estado dos Desportos, funcionários do Governo e alguns jornalistas foram obrigados a regressar a Bissau por estarem infectados.

No sábado, 15, o seleccionador Baciro Candé não orientou a equipa no jogo que a sua equipa perdeu contra o Egipto (0-1) por ter dado positivo, bem como mais três jogadores.

Desconhece-se, por agora, quantos jogadores poderão estar impedidos de jogar na quarta-feira, 19, no decisivo encontro ante a Nigéria, que vai determinar a passagem ou não dos “Djurtus” para a fase seguinte.

Surpresa

Quanto aos jogos deste domingo, 16, a surpresa, a primeira grande da prova, foi protagonizada pela Guiné-Equatorial que venceu a campeã em título Argélia por 1-0, deixando os magrebinos com um pé fora da competição.

Esteban Obiang foi o carrasco da equipa capitaneada pela estrela do Manchester City, Riyad Mahrez, ao marcar o único golo do jogo, a 20 minutos do fim, em Douala.

Depois do empate a zero golo ante a Costa do Marfim, as “Raposas do Deserto” têm apenas um ponto e vão enfrentar na última jornada a também favorita Costa do Marfim, que lidera o Grupo E com quatro pontos, depois de empatar hoje com a Serra Leoa.

Nesta segunda-feira, começam a ficar definidas as equipas que passam aos oitavos-de-final, com o início da última jornada da fase de grupos.

Cabo Verde joga com os Camarões e com uma vitória consegue o apuramento directo e com um empate deve ser repescado como um dos melhores terceiros.

Os Camarões já estão classificados.

No outro jogo, o Burkina Faso joga com a fraca Etiópia e, tal como Cabo Verde, com uma vitória consegue o apuramento directo e com um empate deve ser repescado como um dos melhores terceiros.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG