Links de Acesso

Califórnia pede ajuda ao Canadá e à Austrália para combater os incêndios florestais


Incêndio em Napa, Califórnia 18 de agosto 2020.

Com mais de 12 mil bombeiros a combater 560 fogos na Califórnia, o governador Gavin Newsom disse que pediu recursos e apoio não apenas de outros estados dos EUA, mas também do Canadá e da Austrália. O governador disse que a Austrália é o lar dos "melhores combatentes de incêndios florestais do mundo".

Newsom disse na sexta-feira, 21 de agosto que os incêndios "causaram um impacto desproporcional" no norte da Califórnia, onde dezenas de milhares de pessoas foram forçadas a fugir das suas casas e onde centenas de casas e outros edifícios foram destruídos.

"Simplesmente não vemos nada parecido há muitos, muitos anos", disse Newsom. "Esses incêndios estão a sobrecarregar os nossos recursos, o nosso pessoal."

Pelo menos cinco pessoas morreram e 43 ficaram feridas, incluindo bombeiros, nas chamas que queimaram 2.020km2 durante uma onda de calor histórica.

As árvores milenares, sequoias, estão a ser ameaçadas pelos incêndios. Os prédios no Big Basin Redwoods State Park já foram danificados.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, culpou a Califórnia pelos incêndios e parece perplexo porque as autoridades estaduais não seguiram a sua sugestão para evitá-los.

Na quinta-feira, na Pensilvânia, Trump disse às autoridades da Califórnia: "Vocês têm que limpar o vosso solo, vocês têm que limpar as vossas florestas - há muitos, muitos anos de folhas e árvores quebradas e elas são tão inflamáveis que quando se lhes toca elas ardem. "

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG