Links de Acesso

Califórnia estimula votação por correspondência contra vontade dos republicanos


Governador Gavin Newsom

O Estado americano da Califórnia vai enviar boletins de voto por correio a todos os eleitores recenseados para as eleições presidenciais de 3 de novembro como forma de contornar os efeitos da pandemia do novo coronavírus,

O governador Gavin Newsom assinou na sexta-feira, 8, o decreto, mas reiterou que a votação por correspondência não substitui as assembleias de votos seguras para votação pessoal que o Estado vai providenciar.

"É ótimo para a saúde pública, é ótimo para os direitos de voto, será ótimo para a participação porque a eleição de novembro ainda está programada para ser a eleição mais significativa da nossa vida", reiterou, por seu lado, o secretário de Estado da Califórnia, Alex Padilla.

Os democratas têm defendido que votação por correspondência é necessária para manter a participação em novembro, mas os republicanos, incluindo o Presidente Donald Trump, alegam que a votação por correio é suscetível à fraude.

Trump tem sido acusado pela oposição e pelo sindicato dos correios de ter cortado verbas de apoio à agência durante a pandemia como forma de reduzir a votação por correspondência.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG