Links de Acesso

Calemas detroem em Porto Amboím


Angola Porto Amboím

A fúria do mar deixou mais de 100 famílias sem-abrigo no Porto Amboím.

Com efeito na época das calemas as marés estão a deixar preocupados cidadãos que vivem à beira mar que na cidade está agora a apenas 40 metros da estrada marginal.

Calemas destroem em Porto Amboím - 2:50
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:50 0:00

Alguns edifícios construídos além dos quarenta metros já experimentaram a fúria do mar e 15 foram destruídos.

Outras infra-estruturas como restaurantes, empresas, pescarias, estaleiros e mais não foram poupados pelas calemas

O administrador de Porto-Amboim José do Espírito Santo disse que anteriormente as autoridades tinham fornecidos lotes de terrenos para construção bemo chapas e cimento mas que ninguém acatou os conselhos da administração.

Se elas pensarem que saindo daí o administrador vai retomar os terrenos conforme elas estão afirmar, então nada mais a administração pode fazer”, disse afirmando ainda que “os lotes estão aí, eles a qualquer momento podem ir nos seus lotes porque conhecem os lotes”.

“ A retirada agora não depende do administrador, agora depende deles porque eles conhecem os lugares onde a administração lhes deu”, acrescentou

E o governador da província Eusébio Teixeira disse que o problema passa por assoriamento e reabertura de pontões na perpendicular ao mar com pedras.

Para Teixeira, esse trabalho seria apenas para minimizar o sofrimento das famílias sinistradas e que a grande intervenção deve ser dada pelo ministério da construção

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG