Links de Acesso

Cabo Verde: Partidos questionam política externa após pedido demissão de Luís Filipe Tavares


Luís Filipe Tavares

O pedido de demissão do chefe da diplomacia cabo verdiana Luís Filipe Tavares leva alguns políticos da oposição a questionarem a forma como as autoridades lidam com a política externa.

Tavares pediu a demissão, nesta terça-feira, 12, após a televisão portuguesa SIC ter revelado que o cônsul honorário de Cabo Verde em Palm Coast, no estado americano da Flórida, está ligado ao partido da extrema direita Chega, de Portugal.

Há também indicações de que o português Caesar DePaço está também a braços com a justiça de Lisboa.

Na sequência, o vice-presidente do PAICV, João Batista Pereira, disse que a nomeação de uma pessoa que pertence a um partido de extrema direita para cônsul honorário demonstra a forma pouco clara como o país lida com a política externa.

As autoridades, disse a a vice-presidente da UCID, Dora Pires, devem ter mais cuidado e responsabilidade nas medidas que tomam, a fim de não prejudicar a imagem do país,

Sobre o assunto, Filomena Delgado, secretária geral do MPD, no poder, disse à VOA que de momento o partido prefere não se pronunciar, remetendo uma reacção para depois de uma análise mais detalhada.

Acompanhe:

Cabo Verde: Partidos questionam política externa após pedido demissão de Luís Filipe Tavares
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:45 0:00


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG