Links de Acesso

Cabo Verde: Antigo bastonário dos advogados Arnaldo Silva quer seu agressor em prisão preventiva


Foto de arquivo.

O antigo governante e antigo bastonário da Ordem dos Advogados Cabo-verdianos, Arnaldo Silva, agredido a pedrada na cabeça no fim-de-semana, está indignado com a decisão do juiz que decretou Termo de Identidade e Residência ao seu agressor.

Cabo Verde: Advogado Arnaldo Silva quer seu agressor em prisão preventiva
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:19 0:00

Silva afirma que não se sente seguro, porquanto, na sua opinião o indivíduo em causa tentou matá-lo e, por isso, pede protecção policial.

A agressão, segundo relatos do próprio advogado, aconteceu junto à sua residência no bairro do Palmarejo, na cidade da Paria, tendo o agressor utilizado pedras para o agredir na cabeça, mas o pior não aconteceu porque foi imediatamente socorrido pelo seu filho e outro elemento da família.

Face ao ocorrido, Arnaldo Silva entende que o juiz "devia aplicar a prisão preventiva como medida de coação e não TIR".

Em face dos relatos e agressões verificadas, o jurista João de Deus Carvalho considera que o cidadão agredido tem razão quando pede protecção policial, porquanto" nada garante que a sua segurança não esteja em perigo".

Por seu turno, o também jurist João Santos diz ser normal um cidadão agredido pedir protecção policial, mas não concorda com a tese de que o juiz tenha tomado decisão para prejudicar uma parte em detrimento da outra.

Desconhecem-se os motivos da agressão, mas o indivíduo que atacou Silva tem antecedentes criminais..

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG