Links de Acesso

Cabinda sem combustíveis há cinco dias


Residentes falam em caos total e abandono

A província angolana de Cabinda enfrenta uma crise quase todo de combustível há cinco dias.

Nas principais bombas de combustíveis formam-se longas filas de espera.

As ruas estão quase desertas porque a circulação de veículos reduziu consideravelmente.

A situação é também caótica para quem vai trabalhar e para os alunos que já não conseguem ir à escola por falta de transporte.

A crise de combustível já está revoltar a população.

Vários residentes manifestaram à VOA o seu descontentamento.

Fontes bem informadas indicaram que a Chevron, concessionária do campo petrolífero de Cabinda, terá impedido na segunda-feira, 10, a atracagem de um navio que transportava combustível para Cabinda por razões de segurança.

Informações obtidas do terminal oceânico de Cabinda apontam que asituação da crise de combustível de Cabinda está relacionada com a falta de condições de armanezamento de combustível e da falta da profundidade da boia para a recepção de navios.

A situação, dizem os especialistas, requer investimento e a intervenção das estruturas centrais.

A VOA tentou ouvir, sem sucesso, ouvir a Sonangol Logística, responsável pelo transporte e distribuição de combustíveis em Cabinda.

Ouça a reportagem aqui:

Cabinda sem combustíveis - 2:10
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:10 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG