Links de Acesso

Caça ao voto nas presidenciais arranca na Guiné-Bissau


Novo Chefe de Estado será eleito a 29 de Dezembro

O candidato apoiado pelo Movimento para Alternância Democrática (MADEM-G15), Umaro Sissoko Embaló, iniciou a campanha com uma passeata pelos diferentes bairros de capital Bissau.

“El Mocktar” Sissoko tem em agenda na cadeira presidencial a justiça e combate ao narcotráfico.

"Presidente da República da Guiné-Bissau, único programa que tem é aplicar a lei, justiça e combate sem trégua bem como combate ao narcotráfico e corrução, serão minha aposta", defendeu.

Umaro Sissoco Embaló
Umaro Sissoco Embaló

Por seu lado, Domingos Simões Pereira, candidato apoiado pelo PAIGC, reuniu-se com jovens universitários numa interação de perguntas e resposta.

Simões Pereira dissipa dúvidas sobre eventuais ressentimentos caso for presidente da República.

"Tem circulado rumores de que penso fazer revanche. Eu não penso assim. Eu mesmo preciso de ser perdoado. Nós precisamos conviver, com diferença de raça e religião", garantiu.

Domingos Simões Pereira
Domingos Simões Pereira

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) exortou as duas candidaturas a absterem de utilizar linguagem ou acções de “incitação ao ódio, intimidação, violência e outros males que possam assolar a consciência social e moral dos cidadãos”.

A CNE reitera o seu empenho para que a segunda volta das presidenciais do dia 29 de Dezembro, sejam livres, justas e transparentes.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG