Links de Acesso

Busca de nova liderança da Renamo está a ser ordeira, dizem analistas


Ossufo Momade, Líder interino da Renamo

Ossufo Momade elogiado por gerir o processo.

Correntes de opinião consideram surpreendente a forma tranquila e ordeira como a Renamo está a conduzir o debate sobre a liderança partidária, porque acreditava-se que com a morte de Afonso Dhlakama, o partido entraria numa crise de sucessão.

A maior parte dos partidos políticos moçambicanos não parece ter estratégias claras para a sucessão das lideranças, havendo o receio de que isso possa provocar momentos de conflito e de incerteza sobre a situação desses partidos.

O analista Fernando Lima diz que apesar de Afonso Dhlakama não ter permitido a emergência de novas figuras que pudessem assumir a gestão do partido na transição, a Renamo está a gerir este processo com algum sucesso.

Gestor do grupo privado de comunicação Mediacoop, proprietário do semanário Savana, Lima sublinha que no lugar de conflitos, o que se assiste na Renamo é uma transição tranquila, enaltecendo o papel de Ossufo Momade, que do seu ponto de vista, terá contribuido muito para a vitória do partido em Nampula, nas eleições municipais de Outubro passado.

A mesma opinião tem o pesquisador Tomás Vieira Mário, para quem havia muita gente que acreditava que a Renamo iria desaparecer, após a morte do seu líder carismático, cuja liderança impedia o desenvolvimento institucional, porque Dhlakama assumia o protagonismo.

Segundo Mário, também foi tranquila a forma como Ossufo Momade foi indicado para coordenar interinamente, a Renamo.

Tanto para Mário quanto Lima, dos candidatos que no congresso de Janeiro vão concorrer para a sucessão de Afonso Dhlakama, Ossufo Momade é aquele que pode fazer com que a Renamo tenha um bom desempenho nas eleições do próximo ano em Moçambique.

Tal deve-se, em parte, ao convivio com Afonso Dhlakama e pertencer à etnia macua, bastante numerosa na zona norte de Moçambique.

O lider do Partido Independente de Moçambique, Yaqub Sibindy, que nas recentes eleições autárquicas apoiou a Renamo, também diz-se satisfeito com a forma como está a decorrer o debate sobre a liderança, e considera Ossufo Momade a pessoa certa para substituir Afonso Dhlakama.

Mas para Francisca Sitoi, membro da Renamo, a pessoa mais indicada para assumir a liderança da Renamo é Elias Dhlakama.

O analista Almiro Menino acrescenta neste debate que Raúl Domingos, que foi expulso da Renamo por Afonso Dhlakama, é uma carta que ainda não está fora do baralho.

No entanto, Sibindy defende que a Renamo deve criar uma comissão de líderes para ajudar o futuro presidente do partido, porque só Afonso Dhlakama é que tinha a capacidade de dirigir sozinho os destinos da Renamo.

Acompanhe:

Busca de nova liderança da Renamo está a ser ordeira, dizem analistas
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:38 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG