Links de Acesso

Brasil: Detido terceiro suspeito do assassinato de jornalista britânico


Brazil Amazon

Um terceiro suspeito do assassinato do jornalista britânico Dom Phillips, na floresta amazônica foi preso neste sábado, informou a Polícia Federal do Brasil.

Jeferson da Silva Lima estava foragido, mas se rendeu na delegacia de Atalaia do Norte, no remoto Vale do Javari, na fronteira com Peru e Colômbia.

"O detido será interrogado e encaminhado para uma audiência de custódia", disse a polícia federal em comunicado.

Um exame forense realizado em restos humanos encontrados na região na sexta-feira confirmou que eles pertenciam a Phillips.

Os restos mortais de uma segunda pessoa, que se acredita ser o especialista indígena Bruno Pereira, ainda estavam a ser estudados.

Phillips, um repórter freelance que havia escrito para o Guardian e o Washington Post, fazia pesquisa para um livro sobre a viagem com Pereira, ex-chefe de tribos isoladas e recentemente contatadas na agência federal de assuntos indígenas Funai.

Eles desapareceram em 5 de junho enquanto viajavam sozinhos pela região de barco.

A polícia até agora prendeu Amarildo da Costa Oliveira, um pescador que confessou ter morto os dois homens, e seu irmão, Oseney da Costa, que foi preso no início desta semana.

A Polícia Federal disse na sexta-feira que os assassinos agiram sozinhos, informação contestada pelo grupo indígena local Univaja, acrescentando que informou várias vezes às autoridades que havia um grupo do crime organizado operando no Vale do Javari, uma região selvagem que atraiu traficantes de cocaína, bem como caçadores e pescadores ilegais.

Fontes policiais disseram à Reuters que a investigação está focada em pessoas envolvidas em pesca ilegal e caça ilegal em terras indígenas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG