Links de Acesso

Bispo de Benguela afasta padre católico suspeito de corrupção em vendas de casas


Vigário geral, padre Eduardo Alexandre, anunciou a decisão

O bispo da Diocese de Benguela, Dom António Jaka, suspendeu de toda a actividade sacerdotal o diretor do Instituto Católico Religioso de Angola (ICRA), padre Valentim Joaquim Jamba, detido por suspeita de corrupção na venda de habitações nas centralidades da província.

Numa declaração lida pelo Vigário geral, padre Eduardo Alexandre, nesta quinta-feira, 5, enquanto se aguara pela medida de coação pessoal, é referido que a Igreja segue com preocupação o desenrolar do processo judicial, tendo em conta as graves acusações.

"Seguimos com preocupação o desenrolar do processo, tendo em conta as graves acusações para a sua vida pessoal. Enquanto isso, o sacerdote está suspenso de todas as actividades que vinha exercen", indica o Vigário.

um comunicado distribuído à imprensa, o Governo de Benguela demarca-se do caso, salientando que não há ligação ao processo de venda de casas a funcionários do Estado, que está a decorrer, conforme salienta, de forma exemplar.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG