Links de Acesso

Biden diz que se os Estados do Médio Oriente não reconhecerem Israel não haverá paz


Presidente Joe Biden fala na Casa Branca, 21 de Maio de 2021

Presidente americano anuncia esforços para enviar ajuda humanitária à Faixa de Gaza e pede a Israel para ponha fim ªas lutas entre comunidades em Jerusalém

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu ajudar a organizar os esforços para "reconstruir Gaza" e alertou que enquanto os países da região não reconhecerem o direito a Israel a ter o seu Estado judeu não haverá paz.

Ele reiterou o seu apoio a Israel e que “a única resposta” para o conflito é a criação de um Estado palestiniano ao lado de Israel.

"Não há mudança no meu compromisso com a segurança de Israel, ponto final, nenhuma mudança", enfatizou o Presidente americano ao falar na Casa Branca, na sexta-feira, 21, e mas sublinhou que “não haverá paz até que a região inequivocamente" reconheça a existência de Israel.

O Presidente americano também pediu ao Governo de Israel que ponha fim às "lutas entre comunidades" em Jerusalém, que estiveram na origem dos confrontos dos últimos dias.

Joe Biden, que pressionou fortemente o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, por um cessar-fogo, anunciou o envolvimento dos Estados Unidos em esforços para ajudar a reconstruir a Faixa de Gaza, onde milhares de casas foram destruídas ou afectadas pelos ataques israelitas e cerca de 80 mil pessoas encontram-se desalojadas, além de muitas infraestruturas, como hospitais, terem sido destruídas.

A ideia de uma solução de um Estado palestiniano soberano ao lado de Israel e Jerusalém como capital compartilhada tem sido a pedra angular de décadas de diplomacia internacional visando acabar com o violento conflito na região.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG