Links de Acesso

Biden diz que responderá se Putin usar armas químicas e defende saída da Rússia do G20


Presidente americano Joe Biden na conferência de imprensa em Bruxelas, Bélgica, 24 Março 2022

O Presidente dos EUA, garantiu que a NATO responderá se a Rússia usar armas químicas na Ucrânia e confirmou ter defendido a exclusão de Moscovo do G20, o grupo das maiores economias do planeta.

"Levantei esta questão hoje, mas a decisão cabe ao G20. E se a Indonésia (presidente do G20) e outros países não concordarem, então devemos pedir que a Ucrânia possa participar das reuniões do G20", disse Joe Biden em conferência imprensa, nesta quinta-feira, 24, em Bruxelas, após a cimeira extraordinária da NATO e outra do G7, as principais economias do mundo.

Quanto ao uso de armas químicas, o Presidente americano afirmou que “responderemos se ele [Putin] usar” e que “a natureza dessa resposta dependerá da natureza da sua utilização".

Ante a pergunta se a NATO iria atravessará a fronteira com a Ucrânia, Biden respodeu que “tomaríamos essa decisão na altura".

Na cimeira, os líderes da NATO, segundo o secretário-geral, Jens Stoltenberg, "concordaram em fornecer equipamentos para ajudar a Ucrânia a se proteger contra ameaças químicas, biológicas, radiológicas e nucleares".

Eles também aprovaram a criação de quatro novos grupos de combate na Roménia, Hungria, Bulgária e Eslováquia, e o reforço dos quatro já formados na Polónia e nos três países bálticos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG