Links de Acesso

Bernie Sanders apresenta resolução para suspender venda de armas americanas a Israel


Bernie Sanders, senador americano, fala na convenção do Partido Democrata, 17 de Agosto de 2020

Proposta do senador independente não deve conseguir os votos favoráveis

O senador americano apresentou, nesta quinta-feira, 20, uma resolução para tentar bloquear uma venda milionária de armas a Israel, uma iniciativa semelhante à de legisladores da ala esquerda do Partido Democrata, mas que muito dificilmente terá apoio do Senado.

"Num momento em que bombas fabricadas nos Estados Unidos devastam Gaza e matam mulheres e crianças, simplesmente não podemos permitir que outra grande venda de armas ocorra sem um debate no Congresso", escreveu o senador independente, que é judeu.

Os Estados Unidos são o maior fornecedor de equipamento militar de Israel e no passado dia 5, o Congresso americano foi formalmente informado de uma venda de armas ao Ministério da Defesa de Israel no valor de 735 milhões de dólares.

O senador pode levar a resolução à votação mesmo sem o acordo do líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, que também é judeu, mas observadores dizem que não deve ser possível a Sanders conseguir os 51 votos necessários para ser aprovada.

Na quarta-feira parlamentares democratas, liderados pela deputada Alexandria Ocasio-Cortez e com o apoio de Rashida Tlaib, de origem palestiniana, apresentaram uma resolução semelhante na Câmara dos Deputados.

Apesar da maioria democrata na Câmara de Representantes, este texto também tem poucas possibilidades de ser aprovado.

No mesmo dia, o Presidente Joe Biden pediu ao primeiro-ministro Israel Benjamin Netanyahu uma redução imediata dos ataques contra Gaza, mas nada indica que o pedido tenha sido aceite.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG