Links de Acesso

Benguela: Médicos com salário de enfermeiro ameaçam greve


Médicos protestam em Benguela

Dezenas de médicos em Benguela ameaçam entrar em greve por estarem a "ser ignorados na sua situação", em que auferem salários de enfermeiros às vezes.

O anúncio de um concurso para admissão, actualização de categorias e promoção de trabalhadores no sector da saúde em Benguela, feito nesta terça-feira, 28, provocou uma pequena manifestação dos médicos que dizem que não faz sentido disponibilizar nove vagas para actualizações, quando o grupo é formado por quase 40 profissionais inconformados.

“É triste, muito triste mesmo’’, desabafa a médica Matilde Vasco, enquanto colegas seus criticam o Ministério da Saúde, dizendo que ‘’não faz sentido, somos quase 40 funcionários em más condições, por isso não vamos trabalhar ou falaremos com a senhora ministra’’.

Médicos de Benguela reclamam salários
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:21 0:00


O director do Gabinete Provincial da Saúde, Manuel Cabinda, foi confrontado com a insatisfação de médicos com salários desajustados ao seu perfil há quase cinco anos e disse que tinha tido “o cuidado” de ter tratado o assunto com o director nacional de recursos humanos sendo sua intensão abordar a questão com a ordem dos Médicos.

Dr Manuel Cabinda director Gabinete de saude
Dr Manuel Cabinda director Gabinete de saude

“Não podemos perder vagas a nível de Benguela, por isso estamos já a analisar (a situação)’’, sustenta Cabinda.

Os médicos/enfermeiros, impossibilitados de avançar para o concurso de ingresso, dizem, no entanto, que o assunto chegou às estruturas centrais há já três anos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG