Links de Acesso

Avião da Cubana de Aviación cai depois de decolar de Aeroporto em Havana


Avião caiu num campo agrícola

Presidente cubano Miguel Díaz-Canel disse que o aparelho tinha 113 pessoas a bordo e seguia para Holguin

Um avião da companhia aérea Cubana de Avicion caiu lodo depois de decolar do Aeroporto Internacional José Marti, en Havana, nesta sexta-feira.

O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, que se deslocou ao local, disse que o avião levava 113 pessoas, sendo 104 passageiros e nove tripulantes, todos estrangeiros.

“As notícias não são nada boas e parece que há um número elevado de vítimas”, acrescentou Díaz-Canel, citado pelaa AFP.

O avião tinha por destino a cidade de Holguin no oriente do país.

As primeiras informações dizem que o avião caiu a menos de dois quilómetros da pista numa área agrícola, mas perto de uma escola.

Residentes no local afirmam que havia muito fumo e que viram alguns residentes a serem levados por ambulâncias.

A imprensa oficial diz que entre os passageiros havia cinco crianças, entre elas um bebé.

Três pessoas encontram-se em estado crítico, mas não há qualquer informação sobre o número de mortos ou mais feridos.

Os bombeiros também estão no local a combater o incêndio que se deflagrou depois da queda do avião.

O presidente da companhia de bandeira cubana, Roberto Peña Samper, revelou que o aparelho era propriedade de uma empresa mexicana, mas estava a ser operada pela Cubana de Aviación.

Não há informação ainda sobre número de vítimas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG