Links de Acesso

Autoridades moçambicanas detêm dois estrangeiros ligados aos ataques em Cabo Delgado


Acusados de ataques em Cabo Delgado

Anúncio foi feito pelo ministro di Interior

O ministro do Interior de Moçambique, Jaime Basílio Monteiro, anunciou nesta quarta-feira, 26, a detenção de dois cidadãos estrangeiros, um tanzaniano e um sul-africano, alegadamente por seu envolvimento nos ataques que há mais de um ano têm atingido aldeias da província de Cabo Delgado.

Os dois cidadãos estrangeiros são tidos como estando ligados à estrutura de apoio logístico aos insurgentes que têm causado pânico naquela região do país.

Em declarações à Televisão Pública de Moçambique sobre as detenções, Basílio Monteiro negou “tratarem-se de terroristas”, mas admitiu, porém, que os mesmo estão ligados ao crime organizado que têm protagonizado ataques em Moçambique e em alguns países vizinhos como Tanzânia e Quénia.

Refira-se que decorre em Pemba o julgamento de cerca de 100 cidadãos detidos em conexão com os ataques.

Devido ao elevado número de envolvidos no caso e que poderão ser condenados, as autoridades de justiça d estão a preparar a Cadeia Provincial de Nampula para acolher os condenados neste caso.

Esta unidade penitenciara acaba de receber uma força especial em combates a motins para poder garantir a segurança máxima destes e outros detidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG