Links de Acesso

Autoridades americanas identificam autor da explosão de Nashvillle


Local da explosão da caravana,Nashville

Os investigadores usaram DNA e outras evidências para ligar Warner à explosão

As autoridades americanas anunciaram, no domingo, 27, que identificaram Anthony Quinn Warner, 63 anos de idade, como o homem que explodiu uma caravana, na madrugada de Natal, abalando o distrito comercial na cidade de Nashville, no Tennessee.

Warner agiu sozinho, disseram as autoridades, numa conferência de imprensa, em Nashville. A sua motivação não foi determinada.

"Chegamos à conclusão de que um indivíduo chamado Anthony Warner é o homem-bomba e estava presente quando a bomba explodium, e que morreu no bombardeio", disse Donald Cochran, procurador-geral do Distrito Central do Tennessee.

Os investigadores usaram DNA e outras evidências para ligar Warner à explosão.

Eles vasculharam a casa de Warner, no sábado, 26, no subúrbio de Antioquia, a cerca de 18 quilómetros do local da explosão, um bairro de Nashville repleto de bares e restaurantes de música country.

Vários vizinhos da Warner disseram ter visto, no quintal da duplex de Antioquia, nos últimos meses, um veículo de recreio de cor clara, como o que explodiu na sexta-feira, 25.

As autoridades disseram que ainda estão a rastrear várias outras pistas e não chegaram a nenhuma conclusão sobre como a explosão aconteceu.

Registos públicos mostram que Warner tinha experiência em eletrónica e supostamente teve empregos de tecnologia da informação.

Os investigadores não sabem por que Warner escolheu o centro de Nashville para o que eles descreveram como um "acto intencional" e uma "bomba deliberada".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG