Links de Acesso

Autárquicas de Moçambique: Tendência de domínio da Frelimo e Renamo conquista espaço


Eleitores, Moçambique.

Em termos gerais, a Frelimo está a liderar em 24 autarquias, das quais em 19 a contagem foi a 100%. A Renamo está a liderar em seis, das quais apenas uma teve contagem a 100%.

Os resultados ainda estão por consolidar, mas já mostram uma nova configuração do mapa de governação autárquica no país.

A tendência mostra uma vitória da Frelimo em grande parte das 53 autarquias, contudo, já perdeu alguns municípios que vinha governando.

Autárquicas de Moçambique: Tendência de domínio da Frelimo e Renamo conquista espaço
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:22 0:00

De acordo com os dados provisórios apresentados esta quinta-feira, 11, pela Comissão Nacional de Eleições, a contagem oferece os seguintes resultados:

Em Cabo Delgado, das cinco autarquias, apenas Montepuez, Chiure e Moeda tem processadas 100% das mesas de voto. A Frelimo lidera em Montepuez e Mueda e a Renamo em Chiure.

Em Nampula, das sete autarquias, apenas a de Ribáue tem processadas 100 % das mesas de voto, estando a Frelimo a liderar. A Renamo está em vantagem na Ilha de Moçambique, Monapo e Angoche.

Na província central da Zambézia, as autarquias de Milange e Maganja da Costa, onde a Frelimo lidera o processamento é de 100%. A Renamo lidera os conselhos autárquicos de Quelimane, Alto Mulocué e Guruè.

Na província de Tete, em Nhamayabwe o processamento é de 100% e a Frelimo leva vantagem, assim como lidera em Ulogue. Nas autarquias da cidade de Tete e Moatize ainda não se tem o processamento das mesas.

Na província de Manica, todas as autarquias nomeadamente de Chimoio, Catandica, Gondola, Sussundenga e cidade de Manica foram processadas a 100%, e a Frelimo lidera em todas.

Já em Sofala, apenas a autarquia de Gorongosa, onde a Frelimo está em vantagem, o processamento é de 100%. Na cidade da Beira, o MDM está a liderar. Aliás, é a única autarquia em que esta formação política está a liderar.

Em Gaza, os Conselhos Autarquicos de Chibuto, Praia de Bilene, Chókwè e Mandlakazi, todos liderados pela Frelimo, o processamento é de 100%, e ainda não foram processados os dados da cidade de Xai-Xai e a vila da Macia.

A província de Inhambane só tem dados processados da capital, em que a Frelimo está na dianteira. Das restantes autarquias de Massinga, Maxixe, Quissico e Vilankulo ainda não há dados.

Na província de Maputo, das quatro autarquias, apenas as de Namaacha e Manhiça, os dados foram processados a 100% e a Frelimo lidera. Este partido está ainda a liderar nas restantes autarquias de Boane e cidade da Matola.

Nesta última, a disputa entre Renamo e a Frelimo está renhida e o nível de processamento é de 64%.

Já na cidade de Maputo, a Frelimo está a liderar, como processamento a 32%.

Em termos gerais, a Frelimo está a liderar em 24 autarquias, das quais 19, a contagem foi a 100%. Já a Renamo está a liderar em seis, das quais apenas uma a contagem foi a 100%.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG