Links de Acesso

Aumento exponencial de casos de Covid-19 preocupa as autoridades de São Tomé e Príncipe 


Teste de COVID-19

O ministro da Saúde explicou que o aumento exponencial de casos teve origem nas pessoas que visitaram o país durante o período do natal. 

As autoridades de São Tomé e Príncipe estão preocupadas com o recente aumento galopante de casos de Covid-19, que já afecta o sector de educação.

“Nos últimos dias, verificamos que tem havido um aumento de cinco casos, em média, por dia, o que que é extremamente preocupante”, disse o ministro da saúde, Edgar Neves.

Neves disse que “o cenário pode ser catastrófico se a população não levar a sérios as medidas de prevenção”.

Aumento exponencial de casos de Covid-19 preocupa as autoridades de São Tomé e Príncipe
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:38 0:00

A região autónoma do Príncipe, que, nos últimos sete meses não registava casos positivos, teve cinco novas infeções, nas últimas 24 horas, o que obrigou o presidente do Governo regional, Filipe Nascimento, a encerrar todas as escolas do ensino secundário.

Nascimento disse que“entre os pacientes testados positivos há um professor que, nos últimos dias, esteve reunido no conselho de notas com demais professores”.

Por outro lado, disse Nascimento, “há a necessidade de se criar as condições de segurança em ambiente escolar e realização de testes de despistagem no seio dos professores suspeitos".

Festas de natal

O ministro da Saúde explicou que o aumento exponencial de casos teve origem nas pessoas que visitaram o país durante o período do natal.

“Esses passageiros tiveram vários contactos e a maioria deles tem testado positivo”, disse Edgar Neves, que promete “reforçar as medidas de controlo epidemiológico, sobretudo no porto e no aeroporto”.

Mais do que isso, recordou Neves, “temos todos que nos comportar como verdadeiros agentes de saúde, sob pena de termos um cenário catastrófico no nosso país”.

Até esta segunda feira, 11, São Tomé e Príncipe registou um acumulado de 1066 casos positivos e 17 mortes, desde o início da pandemia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG