Links de Acesso

Aumentam acusações de feitiçaria entre jovens em Manica


Foto de arquivo.

A activista social e de direitos humanos, Cecília Ernesto, considera “preocupante” a tendência de aumento de homicídio de jovens acusados de práticas de feitiçaria, na província moçambicana de Manica.

Aumentam acusações de feitiçaria entre jovens em Manica
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:45 0:00

Ela defende acções urgentes contra o novo fenómeno, que está a aumentar nas aldeias do interior.

“Nós como activistas sociais devemos sensibilizar muito a comunidade, porque este fenómeno era antigamente praticado por pessoas idosas, agora virou para os jovens, e é muito preocupante para a nossa sociedade” disse à VOA a activista.

Este ano, pelo menos, cinco casos foram registados em distritos de Manica, nos quais os parentes acusam jovens de prática de bruxaria, alegadamente por estarem a “travar” a sua vida económica ou conjugal.

O caso mais recente ocorreu, na segunda-feira, 06. Um individuo de 39 anosmatou a cunhada à paulada, após ter acusado de interferir na sua relação conjugal.

O crime foi denunciado pelo marido da vítima e irmão do agressor.

“A vida dele não andava bem, e ele presumiu que era a cunhada a mentora dos caos na sua vida” disse Mateus Mindu, porta-voz do comando provincial da Policia de Manica

Mindu apelou que “as pessoas não recorram a justiça pelas próprias mãos” para evitar mais violência.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG