Links de Acesso

Ataque terrorista deixa 235 mortos e 125 feridos no Egipto

  • Redacção VOA

Homens provocaram uma explosão e depois dispararam numa mesquita no Monte Sinai

Um ataque por homens armados numa mesquita de Al Rawdah, no Sinai, no Egito, deixou pelo menos 253 pessoas mortas e 125 feridas, nesta sexta-feira, 24.

Este é o último balanço feito pelas autoridades de forma ainda informal, segundo a Associated Press.

Os agressores chegaram de carro até o local, onde os fiéis faziam as tradicionais orações muçulmanas na mesquita do oeste da cidade de Arish.

Os terroristas provocaram uma explosão e, posteriormente, começaram a disparar.

A região é constantemente atacada pelo Estado Islâmico, mas, até o momento, nenhum grupo reivindicou o ataque.

O presidente egípcio, Abdel Fattah al Sisi, convocou uma reunião de segurança de emergência logo após o ataque e o Governo declarou luto de três dias.

As forças de segurança do Egipto combatem o grupo terrorista Estado Islâmico no norte do Sinai, onde extremistas já mataram centenas de policias e soldados desde que se intensificaram os confrontos nos últimos três anos.

Em Abril deste ano, o Estado Islâmico provocou explosões em duas igrejas cristãs coptas, deixando 44 mortos e mais de 100 feridos.

O primeiro alvo foi um templo em Tanta, a quinta maior cidade do país, seguido de um ataque em Alexandria, a segunda mais populosa cidade egípcia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG