Links de Acesso

Ataque deixa dois mortos na aldeia moçambicana de Maganja


Ataques multiplicam-se em Cabo Delgado

Acontecimentos tiveram lugar a sete quilómetros o acampamento da petrolífera americana Anadarko

Duas pessoas foram mortas na noite de domingo, 20, na aldeia Maganja, próximo do acampamento da petrolífera americana Anadarko, que vai explorar gás natural, em Palma, na província moçambicana de Cabo Delgado.

O portal Carta de Moçambique escreve que o ataque feito por insurgentes foi a sete quilómetros do centro da exploração de gás natural, em Afugi, Palma.

No ataque, foram incendiadas quatro casas e várias barracas de comerciantes.

Os residentes disseram que as Forças de Defesa e Segurança, que têm um posto nas proximidades, apenas fizeram-se ao local na manhã desta segunda-feira, 21.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG