Links de Acesso

Associações alertam para minorias em perigo de extinção


José Patrocinio, coordenador da Omunga

Omunga e Mbakita chamam a atenção para as minorias étnicas sobreviventes no Kuando Kubango, em particular os “Khoisan”.

Algumas minorias étnicas em Angola podem estar em extinção, alerta a associação Omunga, com sede em Benguela, que, em parceria com a Associação Mbakita, de Menongue, que pretende falar com as autoridades nacionais.

Aquelas organizações têm acompanhado as minorias étnicas sobreviventes no Kuando Kubango, em particular os khoisan.

Falta de documentação pessoal, falta de espaço para cultivo, calamidades e o não reconhecimento das autoridades tradicionais são algumas das dificuldades por que passam as minorias étnicas no sul de Angola.

Para evitar a sua extensão as associações Mbakita e Omunga estão a levar a cabo um programa de debate com as autoridades e a população no sentido de chamar a atenção para a preservação daquelas comunidades.

Elas também querem levar as autoridades a darem maior atenção às minorias que,muitas vezes, são humilhadas e que não têm acesso a muitos direitos.

“Há até problemas de terras, falta de água e muitos outros”, revelou José Patrocínio, coordenador da Omunga”.

Aquele activista disse ter escrito cartas à presidência e a várias outras entidades, mas “até ao memento não houve qualquer resposta”.

Até agora, apenas a secretária de Estado para os Direitos Humanos aceitou receber as suas associações.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG