Links de Acesso

Arnaldo Santos: A poesia será a minha solução final


Arnaldo Santos

Ao intervir no início do evento, no dia 14 de Março o secretário-geral da União dos Escritores Angolanos (UEA), David Capelenguela, considerou Arnaldo Santos um homem de arte, que muito cedo dedicou-se às letras e continua a contribuir para o seu desenvolvimento.

Arnaldo Santos, autor de Kinaxixe foi homenageado
please wait

No media source currently available

0:00 0:18:30 0:00

Justificou que homenagear o autor de “Kinaxixi” é evidenciar o nível mais alto da história da literatura angolana, da pureza da escrita, da leitura e do livro, que são os pilares que sustentam a realização do evento.

Arnaldo Santos agradeceu o gesto da UEA, bem como a presença de familiares, amigos e apreciadores do seu trabalho. Apesar da homenagem o escritor reconhece ter chegado ao fim da produção literária em prosa, garantindo apenas escrever poesia.

“ O exercício da escrita hoje é feito com muita dificuldade porque estou a perder a visão. A poesia será a minha solução final. Escrever três ou quatro versos ficarei por este mecanismo”. Garante Arnaldo Santos.

Arnaldo dos Santos nasceu a 14 de Março de 1935, na Ingombota, em Luanda.

Na década de 50 integrou o chamado “Grupo da Cultura”. Colaborou em várias publicações periódicas entre as quais a revista “Cultura”, o Jornal de Angola (da década de 50), “ABC” e “Mensagem”, da Casa dos Estudantes do Império”. Arnaldo Santos é membro fundador da UEA

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG